Clipping

O que acirrou a violência entre facções, segundo estes pesquisadores

Agora, o Nexo entrevista o jornalista e pesquisador Bruno Paes Manso e a socióloga Camila Nunes Dias, professora da Universidade Federal do ABC. Ambos são membros do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo, e autores do livro “A Guerra – Ascensão do PCC e o Mundo do Crime no Brasil”, publicado em agosto de 2018 (ed. Todavia).

O livro retrata a facção desde a década de 1990, assim como as reações oficiais a ela – marcadas pela relutância, durante anos, em admitir sua existência. A obra aponta a truculência policial e a violência entre os próprios criminosos como alguns dos motivos que fizeram com que estes se organizassem, em uma tentativa de implementar regras de convivência e reduzir a violência física.

Leia a entrevista completa no Nexo