Publicações / Artigos, 'vseis'

Classes populares, polícia e punição

Ano:

2002  

Referência:

FERREIRA, H. R. S. Classes populares, polícia e punição. 2002, 168 f. Tese (Mestrado em Sociologia) - FFLCH, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. 

Tema(s):

Polícia   Segurança Pública   Violência   

Tipo:

Relatório

Idioma:

Português 

Formato:

PDF 

Páginas:

168 
Download
Esta dissertação pretende analisar concepções populares sobre punição e polícia. Uma das questões principais é entender por que as camadas populares, que são as principais vítimas da violência policial, apóiam propostas de punições mais severas e de redução do controle sobre o uso da força pela polícia. Para isso, é fundamental considerar alguns fatores presentes na realidade brasileira como: “exclusão moral”, “corpo incircunscrito”, exposição à violência e crise do sistema de justiça penal. A partir desses fatores, os “bandidos” se tornam um outro que merece um tratamento violento e as críticas à polícia são de que, ora ela se associa aos criminosos, ora ela age agressivamente em relação aos cidadãos pobres, como se eles fossem “bandidos”. Além disso, as conclusões desta pesquisa indicam que as concepções populares de polícia não são homogêneas e que há lugar para defesa dos direitos civis, da limitação ao poder de polícia e da aplicação da punição como forma de recuperação do infrator.