Publicações / Artigos, 'vseis'

Rebelião na Ilha Anchieta em 1952 e a primeira grande crise na segurança pública paulista

Ano:

2015  

Referência:

DILEMAS: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social - Vol. 8 - no 4 - OUT/NOV/DEZ 2015 - pp. 633-65 

Tema(s):

Controle Social   Prisão   Segurança Pública   

Tipo:

Artigo (Periódico Nacional)

Idioma:

Português 

Formato:

PDF 
Download

Resumo: Este artigo descreve e analisa os principais acontecimentos da história do sistema prisional paulista entre os anos 1940 e 1960, tendo como momento principal a rebelião de 1952 na Ilha Anchieta, que desencadeou a primeira grande crise na segurança pública do estado. Nossa hipótese é que nesse período a inserção dos criminosos nas instituições de controle e a imposição de práticas punitivas favoreceram a emergência de associações entre presos para fugas e para a organização da rebelião de 1952. As principais fontes foram os debates e registros do Poder Legislativo estadual, os relatórios policiais e de secretários de estado, e informações da imprensa.

Palavras-chave: prisão, rebelião, Ilha Anchieta, segurança pública, políticas pública